Cramer lança tecnologia exclusiva Driscent na FCE Cosmetique

Cramer lança tecnologia exclusiva Driscent na FCE Cosmetique
A casa de fragrância de origem chilena Cramer apresentou uma tecnologia exclusiva de microencapsulação de fragrâncias. Fruto de 18 meses de desenvolvimento, o Driscent é uma nova forma de microencapsulação de fragrâncias em pó. Hoje, além de fragrâncias em pó, o mercado oferece uma série de soluções de microencapsulação de fragrâncias, no qual a fragrância envolve uma microesfera, tecnologia muito utilizada na categoria de amaciantes.

Driscent inova ao oferecer a fragrância em pó com microencapsulação num processo na qual a fragrância é aplicada dentro da microesfera e não ao redor dela. A tecnologia pode ser aplicada em fragrâncias de diversas categorias de beleza e cuidados pessoais. Mas, o foco inicial da Cramer, reside no mercado de cuidados com os cabelos. Isso explica o porquê de a tecnologia ter sido lançada primeiramente no Brasil, durante a FCE Cosmetique.

A primeira premissa para o desenvolvimento da tecnologia foi ambiental. "Precisavamos ajudar os nossos clientes a diminuir a sua pegada ambiental e o desenvolvimento do Driscent responde a essa demanda cada vez mais importante para a indústria de várias formas", explica Michel Ulloa, diretor Comercial de Fragrâncias da Cramer.

A adoção da tecnologia Driscent permite, em primeiro lugar, a redução no uso de plástico, com a eliminação das tradicionais bombonas, que além do consumo de plástico, ocupam grande espaço tanto no transporte quanto para serem armazenadas. As fragrâncias com a tecnologia Driscent são enviadas em embalagens de papelão que podem ser facilmente descartadas para reciclagem após o seu uso.

A microcápsula utilizada pela Cramer é totalmente biodegradável e, como a fragrância está ?dentro? da microcápsula, o nível de integridade é superior em relação à aplicação tradicional. Isso torna o tempo de vida útil dessa fragrância, na média, 50% superior na comparação com a mesma fragrância em sua forma tradicional. Fragrâncias cítricas, que costumam ter validade de 12 meses, com a tecnologia Driscent são válidas por pelo menos 18 meses.

De acordo com a Cramer, a tecnologia Driscent oferece outros atrativos para os clientes, como o Efeito Bloom. Quando o produto é aplicado e as microesferas entram em contato com os cabelos, isso garante uma explosão de fragrância superior na aplicação. O lasting com o Driscent chega a ser 20% superior na comparação com a mesma fragrância no formato tradicional. A tecnologia garante um residual maior, liberando a fragrância ao longo do dia, na medida em que o suor também ajuda a ativar as microcápsulas no cabelo. Em compensação, o Driscent faz com que numa avaliação no PDV, quando o consumidor abre a embalagem para cheirar a fragrância, seja menos potente em relação à aplicação tradicional.

O custo da fragrância com Driscent é mais baixo e o produto é 100% hidrossolúvel e não impacta na formulação. A diferença em termos de aplicação é que por se tratar de um pó, é preciso que a fragrância seja manuseada em um ambiente adequado, como uma sala limpa.
As expectativas de Michel para a adoção da tecnologia pela indústria brasileiro são as melhores possíveis. "Acredito que em 24 meses, teremos 50% das fragrâncias para a categoria de haircare no Brasil usando a tecnologia Driscent", acredita.


Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo