De olho nas tendências

De olho nas tendências

Indagamos aos perfumistas das mais renomadas casas de fragrância do País quais serão as notas e acordes que deverão se revelar como tendências na perfumaria brasileira e internacional e, ainda, quais são os perfumes lançados no mercado nos últimos tempos que, legitimamente, têm a marca da inovação.

Confira abaixo o resumo dessa rica reunião de especialistas.


Alegria bem brasileira
Tendências - No segmento feminino há um boom de notas florais sendo lançadas no mercado, que certamente permanecerão até o final do ano e em 2010 também. São florais super femininos e sofisticados em combinações diferenciadas, com estruturas mais amadeiradas e cremosas, assim como misturas mais sensuais com acordes orientais, toques polvorosos e a doçura da baunilha e outros ingredientes gustativos como chocolate e café, entre outros. Um outro caráter interessante de alguns lançamentos florais que deverá continuar prevalecendo são as mono-notas: florais mais intensos ou mais frescos dependendo da flor exaltada no perfume (rosa, gardênia, íris, orquídea), mas que conferem ainda mais feminilidade e sofisticação às fragrâncias. Ainda bastante estáveis no mercado, veremos alguns lançamentos, principalmente no segmento splash ou nas edições de verão com estruturas mais cítricas refrescantes e frutais modernos, suculentos, super joviais.
Já na perfumaria masculina, a predominância das notas fougères se manterá, ao mesmo tempo em que percebemos uma grande onda de notas amadeiradas, com toques ambarados e nuances mais doces – entretanto, sem nunca perder a masculinidade. São dois extremos: por um lado um caminho super limpo, puro, em contraste com rotas mais quentes, envolventes e profundas.

Inovação Aplicada - São vários lançamentos interessantes, mas prefiro comentar separadamente nossas preferências olfativas, das conceituais, mais focadas em comportamento, comunicação e embalagem. Olfativamente, Allure Homme Sport Edition Blanche é interessante pelo contraste das notas cítricas e o calor do musk. Uma releitura modernizada de um clássico. Inovadora e ao mesmo tempo comercial é a estrutura olfativa de Infusion DHomme de Prada: uma combinação muito feliz de madeiras e notas florais e delicadas de íris. Pela estrutura amadeirada, masculina enriquecida pelo calor das notas orientais e ambaradas, também interessantes são as fragrâncias de Montblanc Exceptionnel e Dolce Gabbana The One for Men.

Do ponto de vista de marketing, Chanel Allure Homme Sport Edition Blanche é muito charmoso: os brancos, foscados, puríssimos, estão super em alta. Já os metálicos – como o Kenzo Power – são, ao mesmo tempo, muito interessantes e modernos. Aliás modernidade é o tema principal da embalagem de LEau DIssey Concrete, um exemplo mais que cosmopolita, ao contrário de toda a proposta aquosa e transparente sempre divulgada por Issey Miyake. Outro movimento muito feliz em termos de conceito foi o lançamento de Hilfiger de Tommy Hilfiger, bem diferente dos lançamentos mais patriótas do passado e com uma proposta super fashion.

Alguns dos lançamentos mais recentes assinados por mim e pela Givaudan tem como marca a alegria do povo brasileiro, com toques cítricos, alegres, vibrantes, fáceis de serem usados. Entre os lançamentos femininos, as combinações harmoniosas, femininas, cosmética e com toques de sensualidade tem aparecido muito e são muito interessantes. As madeiras cremosas, com nuances mais doces e toques polvorosos aparecem bem diferentes dos florais orientais já lançados no mercado. As mono-notas como as rosas, ajudam a reforçar o boom dos florais no Brasil e no mundo, além de trazerem a modernização desta nota floral tão clássica.

Thierry Bessard, da Givaudan

_____________________________________________________________

Doces diferenciais
Tendências - Notas frutais e frescas vão permanecer no cenário da perfumaria em 2009. A elas serão acrescentados acordes florais leves e modernos, sempre com nuances de notas amadeiradas, ambaradas e gourmets.

Inovação Aplicada - No ano passado, CKin2U Woman, de Calvin Klein, e Royalty, de O Boticário, lançado para o Dia das Mães, abriram novas e boas perspectivas para a inovação. São fragâncias com notas frescas, aromáticas frutadas amadeiradas doces, porém, com um diferencial para não se tornarem enjoativas e comuns. Em 2009, entretanto, ainda não vi nada que possa ser condiderado realmente inovador.

Maria Emília Kogempa, da Citratus

_____________________________________________________________

Silêncio elegante
Tendências - Não dá para dizer, exatamente, quais acordes serão tendência. Mas creio que os mais complexos e orientais ainda estarão em evidência em 2009, assim como os ingredientes e acordes naturais. Como a perfumaria está novamente inspirada nos classicos, os aromaticos, amadeirados, floral orientais também deverão se fazer bastante presentes.

Inovação Aplicada - Não gosto de citar fragrâncias, mas, de maneira geral, os perfumes mais criativos tem sido os baseados em ingredientes específicos. Em termos de criações próprias, naturalmente há sempre aquelas com as quais nós, perfumistas, nos identificamos mais, ou que, no final do projeto, sentimos mais orgulho por ter feito. Mas, julgo que não é elegante comentar.

Eurico Mazzini, da Drom

_____________________________________________________________

Operação Resgate
Tendências - Analisando os últimos lançamentos femininos, podemos observar que a moda, grande inspiradora da perfumaria, caminha para uma cultura retrô, com muito xadrez, branco e preto e púrpura, traduzindo o resgate de valores no universo das fragrâncias. Na seara feminina, acordes de patchouli, rosa, íris e violeta deverão permanecer em voga até o fim deste ano. Já na parte dos perfumes masculinos, deveremos ter a predominância de notas energéticas como limão, limão, gengibre e menta aparecem em grandes lançamentos, assim como a lavanda, vanilla e cedro.

Inovação Aplicada - Entre as fragrâncias mais criativas/inovadoras lançadas em 2008 e nos primeiros meses de 2009, destaco as femininas B Boucheron, de Boucheron, e Magnifique, de Lancôme; e as masculinas One Million, de Paco Rabbane, e Diamonds, do Emporio Armani.
Em termos de sucesso comercial, uma das minhas principais e mais recentes criações destinou-se a perfumar a linha de haircare Niely Anti-Stress, que teve grande visibilidade em mídia pelo Big Brother Brasil.

Elisabeth Maier, da Robertet

_____________________________________________________________

Inovação, aqui como lá
Tendências - Acredito que os florientais – que são a combinação harmônica de notas dos mais diversos florais junto com notas mais pesadas de cunho oriental – ainda continuarão tendo o seu espaço no futuro próximo. Só que eles deverão apresentar, também, notas ozônicas, que lhes conferem mais modernidade, ou seja, serão florientais bem modernos. E não podemos esquecer da força com que os frutais chegaram ao nosso mercado, tendência que, aparentemente, deve continuar.

Inovação Aplicada - Gostaria de apontar às famílias que mais crescem hoje dentro da perfumaria internacional e brasileira. Na perfumaria feminina dos Estados Unidos e Europa a família floriental frutal floresce, inspirada no mundo dos sabores, com novas e delicosas notas que lembram infância, como toffee, caramelo, milk shake, coco, marshmallow, praliné e mergulha no mundo das sobremesas. Exemplos dessa tendência não faltam no mercado: Viva la Juicy (Juice Couture), Love (Harajuku Lovers), Fancy (Jessica Simpson), Incredible Me (Escada) e Flight of Fancy (Anna Sui).

Paralelamente, no cenário internacional está se dando um novo foco nas madeiras como uma forma de adicionar textura e dimensão às fragrâncias femininas. Dentro da proposta floriental, as notas amadeiradas também agregam sensualidade de uma forma moderna, limpa, sem tornar-se gourmand. Exemplos: Jasmin Noir (Bulgari) e Sensuous (Estée Lauder). E não se pode deixar de destacar, ainda, os florienais spicy, com foco na perfeição, customização e sofisticação de fragrâncias mais nicho. Um bom exemplo dessa tendência aplicada é o Armani Onde Trio Collection, uma trilogia de perfumes centrada no Oriente e que apresenta uma reinvenção de países: Turquia, Índia e Japão.

Já o mercado brasileiro vem explorando fortemente a família floral frutal nos perfumes femininos. Aliás, 2008 é, definitivamente o ano dessa família para as fragrâncias femininas locais. Exemplos: Crystal Aura, Wish of Love e a inovação 2008/2009 Absinthe, Christian Lacroix, da Avon; Ekos Frescor de Cupuaçu e Águas Natura Jabuticaba e a inovação 2008/2009 Ekos Cacau, da Natura; Floratta Emotion, Nativa Spa Equilibrar Violeta & Sândalo, Acqua di Colônia Frutal, Linked She, Insensatez Tropical e as inovações Sensuelle Essence, Accordes Celebrare e Capricho Day & Night, dO Boticário

Na perfumaria masculina, o foco da inovação nos Estados Unidos e Europa está sendo dado às famílias fougère, oriental e amadeirada. Na primeira, destaque para o fougère verde frutado fresco (I am King, de Sean John; e Boss Pure, de Hugo Boss), para o fougère aromático (Roadster, de Cartier). Na família oriental, para as criações multifacetadas de sensualidade masculina – desde madeiras a um tabaco apimentado a novos gourmands para homens, como café e baunilha –, personificadas pelo The One For Men, de Dolce & Gabanna. E na família amadeirada, para as introduções mais frescas, em intrigante contraste com as estruturas convencionais, como mostra o Gucci by Gucci, que explorando territórios aromáticos, amadeirados, nuances orientais e toques de couro, de maneira complexa e porém sofisticada.

No campo dos perfumes para homens, o Brasil segue as tendências americanas. Assim, entre os fougères verdes frutados frescos temos como exemplos o Blue Rush Intense (inovação 2008/2009), da Avon; o Kaiak Ecomotion Mundial e o Oraque, da Natura; e o Linked He, o Uomini Double Sport e o X-Boy, dO Boticário. Já os destaques entre os amadeirados vão para o Musk Madeira, para o U by Ungaro for Him e para o Signature, da Avon; e, ainda, para Amor América Palo Santo, da Natura.

Tathy Confetti e Malbec Edição Especial figuram entre as fragrâncias assinadas pela IFF de maior sucesso no Brasil do ponto de vista comercial nos últimos tempo. Vale lembrar que algumas fragrâncias com nossa assinatura também – e com características muito inovadoras, é claro – estão para serem lançadas muito em breve.

Napoleão Bastos Jr. e Patrícia Braga, da IFF

_____________________________________________________________

Sofisticação descontraída
Tendências - Florais intensos, orientais licorosos, chipres elegantes e descontraídos florais frutais são as orientações olfativas que devem imperar na perfumaria feminina no Brasil até o final de 2009. Já do lado masculino, teremos a sofisticação dos amadeirados e das especiarias, orientais sensuais, acordes adocicados aromáticos e a jovialidade dos aquosos.

Inovação Aplicada - Nos últimos meses, tivemos o lançamento de alguns perfumes bem marcantes no que diz respeito à criatividade e inovação. Minha lista dos femininos inclui o Insolence, de Guerlain, e o Notorious, de Ralph Lauren. Entre os masculinos, destacam-se o One Million, de Paco Rabanne e o Armani Diamonds, de Armani.

Fátima Albino, da Belmay _____________________________________________________________

Aromáticos em alta
Tendências - O ano de 2009 será dos aromáticos, especialmente dos acordes de limão e mandarina.

Inovação Aplicada - No cenário das mais inovadoras e criativas fragrâncias lançadas recentemente, gostaria de destacar a Black XS, de Paco Rabanne, a Play, de Givenchy, e, especialmente, a Velvet Hour, de Kate Moss – ganhadora do prêmio de 2009 do Beauty Award –, além dos brasileiríssimos perfumes da linha Humor, da Natura, ambas criações da Symrise.

Joaquim Corel, da Symrise

_____________________________________________________________

Releitura clássica
Tendências - Acordes florais frutais potentes, com notas amadeiradas para provocar os sentidos. Florais modernos, requintados e ultra femininos, combinados a notas amadeiradas especiais de maneira não usual. Florais frescos, com overdoses da combinação musk e cedro. Acordes cítricos combinados com notas florais frutais e base gourmet adocicada. É o que veremos, de forma bastante acentuada, na perfumaria feminina em 2009. Já a tendência para as fragrâncias masculinas traz acordes ricos e intensos, com notas frescas e especiadas, combinadas com a sensualidade de um mix de madeiras e âmbar; fougères frescos com notas frutais estimulantes gustativamente, combinados com madeiras nobres e sensuais; nuances de fougére energético com notas florais intensas, combinadas à sensualidade amadeirada e a elegância do musgo; e mesclas elegantes e sensuais, calcadas numa proposta clássica atemporal, na qual prevalecerão notas orientais sensuais, picantes (cardamomo, gengibre), combinadas com notas de tabaco e cedro.

Inovação Aplicada - Entre as fragrâncias femininas mais inovadoras lançadas lançadas nos últimos tempos, estão, em minha opinião Rockn Rose Couture, de Valentino; Magnifique, de Lancôme; e Madame, de Jean-Paul Gaultier. Já entre as masculinas, a tríade formada por Ferrari Extreme, de Ferrari; Silver Shadow Altitude, de Davidoff; e The One For Men, de Dolce & Gabanna.

Do ponto de vista olfativo e comercial, entre as fragrâncias mais inovadoras e bem-sucedidas no mercado assinadas por mim e pela LEssence figuram Allumage, da Racco; Be Sexy, da Alchemia Pleasures (Lojas Renner); Ronnie Von (DNA); e Vulcan (Mormaii).

Silvia Costa, da LEssence
_____________________________________________________________

Assinatura única
Tendências - As notas orientais licorosas combinadas com madeiras nobres estão e continuarão em evidência em 2009. E poderiam continuar por mais algum tempo, não fosse a crise econômica global, que abriu uma grande chance para as notas florais clássicas – como Chanel 5, Lair du Temps e outros florais delicados – voltarem a ser exploradas, uma vez que esse tipo de direcionamento olfativo transmite conforto e segurança.

Inovação Aplicada - Na minha opinião, um perfume para ser criativo, tem que ser também inesquecível. Ou seja, uma fragrância que consiga fugir do comercial, e que seja ousada e com uma assinatura única. Assim, em termos de inovação genuína nos últimos tempos, vejo perfumes como G, da Harajuku Lovers – que explora o lado bem gustativo, com leite de coco e caramelo – e Sensuous, da Estée Lauder – que combina sândalo, âmbar e notas orientais –, são fragrâncias, que podem, sim, ser polarizantes, mas, indepedentemente disso, se destacam.

Para o setor de desenvolvimento de perfumaria fina, os projetos são coordenados em Nova York por um time focado nesse segmento. Porém, com minha chegada recente ao time da Takasago Brasil, em janeiro de 2009, trabalharemos em conjunto com perfumistas de outras partes do mundo. Dessa forma, poderemos compartilhar experiências e culturas diferentes e, cada vez mais, trazer fragrâncias criativas e inovadoras ao mercado brasileiro.

Cléber Bozzi, da Takasago