Plano de ataque da LG para o mercado de cosméticos pode envolver compra da Elizabeth Arden

O conglomerado sul-coreano LG, mais conhecido por sua linha de produtos eletrônicos de consumo, como celulares e televisões, quer ampliar a sua presença global no setor de beleza. Vice-líder no seu mercado de origem, onde vende produtos de higiene para a pele e os cabelos e cosméticos de tratamento no varejo e por meio da The Face Shop - uma rede que comercializa  apenas produtos de marca própria -, a divisão LG Home & Healthcare pretende fazer duas ou três aquisições de “grandes empresas internacionais” da área. No ano passado a LG adquiriu a marca  canadense Fruits & Passion, que opera uma rede de lojas próprias.

Entre os alvos, está a norte-americana Elizabeth Arden, que além da marca mãe e de outras marcas seletivas, desenvolve fragrâncias de celebridades como Britney Spears e Justin Bieber. Pode ser a união da fome com a vontade de comer. De acordo com informações divulgadas pela agência de notícias Reuters, a Arden teria contratado o banco Goldmann Sachs para encontrar um seleto grupo de potenciais compradores para a empresa.

De acordo com a agência, a empresa decidiu ir atrás de um comprador por conta da pressão sobre o preço das ações da empresa, que tem sofrido com as fracas vendas na América do Norte, onde a Arden concentra a maior parte do seu negócio, e com a forte exposição ao mercado de fragrâncias de mass market, tido como menos atrativo que o segmento de produtos para a pele.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo