Tampas: fechando bons negócios

Estudo da Euromonitor revela que o mercado global de tampas para produtos de higiene e cosméticos cresceu 3%. Puxada pela oferta de produtos mais sofisticados, esse número pode ser mais promissor


Nos últimos anos, o segmento de beleza e higiene pessoal tem auxiliado o mercado global de embalagem a apresentar crescimentos significativos. De acordo com dados da consultoria britânica Euromonitor, entre os anos de 2007 e 2012, a taxa anual de crescimento do mercado de tampas plásticas para produtos de higiene e beleza foi de 3%. Em terras tupiniquins, o mercado de higiene e beleza – que tem registrado crescimento acima dos dois dígitos nos últimos anos – também foi um pilar importante para a sustentação do mercado.

Segundo informações da Fundação Getúlio Vargas, que coordena a pedido da Associação Brasileira de Embalagem uma pesquisa semestral sobre os resultados da indústria brasileira de embalagem, em 2012, os setores de perfumaria, sabões, detergentes e produtos de limpeza obtiveram os melhores resultados dentre os usuários das embalagens, com desenvolvimento de 3,32%. “Hoje, cerca de 75% da nossa produção está voltada para o mercado de beleza e higiene pessoal. Sem dúvida nenhuma, duas categorias crescem em um ritmo mais acelerado que as demais, as de Hair Care e Body Care”, confirma Rodrigo Plaza, gerente de Vendas da empresa de tampas plásticas Bral-Max.

A indústria mundial de embalagem tem obtido resultados positivos, apesar do hostil ambiente econômico que vivemos desde a crise de 2008. Para o segmento de tampas – principalmente as empresas que atendem o mercado de cuidados pessoais e para a casa – o ambiente também tem sido bastante favorável. A Euromonitor registrou que, no ano passado, a venda de tampas para itens de higiene e beleza avançaram 3% em volume, o que resultou na produção global de aproximadamente 95 bilhões de unidades. Segundo a consultoria, este resultado é explicado pelo aumento no volume de produtos a serem empacotados.

Um outro driver importante de crescimento é a maior sofisticação da oferta, com produtos de maior valor agregado e mais especializados, como aponta o executivo da Bral-Max. “Assim como todo o segmento de embalagem, o mercado de tampas plásticas, segue a tendência de crescimento, de especialidades, diferentes aplicações e valor agregado. A busca pelo novo, pela eficiência na vedação e na aplicação, pelo belo, pela harmonia do conjunto, cada vez mais são fatores decisivos na escolha da tampa pelos departamentos de Marketing e Desenvolvimento das empresas”, explica.

Nessa linha, a pesquisa da Euromonitor revelou que as velhas tampas plásticas rosqueáveis –  estão perdendo espaço no segmento de hair care. No Brasil inclusive, as tampas desse tipo há muito tempo foram “abandonadas” pelos produtos desta categoria. Em um ambiente que busca mais funcionalidade e segurança, as roscas dão cada vez mais lugar à tampas plásticas do tipo flip-top ou disk-top e aos dispensadores, que além de serem mais modernos, também conferem um ar mais sofisticado ao produto.

Apesar de ter a maior participação entre os diferentes tipos de tampas para a indústria de higiene e beleza, as tampas plásticas no sistema flip/disk-top – que detêm uma participação significativa nos mercados de banho e shampoos e condicionadores, mantém um bom dinamismo. Entre 2007 e 2012, a média anual de crescimento desse tipo de tampa foi da ordem de 4%

Para as tampas de rosca, o mercado de cremes dentais na Ásia tem representado um importante viés de crescimento. Essas tipo de tampa também segue sendo o mais utilizado pelo mercado de cosméticos anti-idade. Entretanto, tampas com aplicadores tipo pump, em alguns anos, podem acabar com essa preferência, pois além do quesito sofisticação, oferecem alguns benefícios adicionais.

Dividindo a liderança
O segmento de pumps e dispensers têm obtido um desenvolvimento notável nos últimos anos, e deve ameaçar a soberania absoluta das tampas flip/disk-top nos próximos anos. Ao mesmo tempo, novas oportunidades contribuem para que esse sistema de tampas, mantenham o bom dinamismo dos anos passados.  Na América Latina e a região da Ásia/ Pacífico, por exemplo, a Euromonitor acredita que as tampas flip/disk-top devem se sobressair no mercado de sabonetes líquidos, por conta de mudanças nos hábitos de consumo e também em decorrência do desenvolvimento de novos produtos. Além disso, a consultoria mostra que, para esse tipo de tampa, as categorias de cuidados bucais e capilares são essenciais para o seu bom desempenho.

Em 2012, os shampoos foram responsáveis por 22% do consumo de tampas flip/disk-top de plástico no mercado de beleza. Esse dado demonstra a importância da categoria de cabelos para o segmento de embalagens. A Euromonitor destaca que, para os próximos anos, o crescimento do consumo de tampas flip/disk-top para o mercado de shampoos será menor, mas deve seguir positivo.

Os produtos de higiene oral devem ser outro ponto de sustentação para o mercado de tampas flip/disk-top. Por ser um item de primeira necessidade, a categoria se manteve resiliente à desaceleração econômica nos países desenvolvidos, ao mesmo tempo que o aumento da renda nos mercados em desenvolvimento permitiu o acesso de mais consumidores aos produtos. 

Crescimento dinâmico
Entre todos os tipos de fechamento do mercado de beleza, nenhum foi tão dinâmico nos últimos anos como os pumps e dispensers. No período analisado pela pesquisa, o avanço médio anual foi de 5%. A pesquisa ainda destaca que este tipo de embalagem tem ganhado popularidade nas categorias de sabonete líquido, protetor solar e cuidados faciais, por conta de sua funcionalidade e eficiência, e do desenvolvimento e aprimoramento da tecnologia airless, que conserva melhor as formulações cada vez mais sofisticadas.

E ainda existem oportunidades para este tipo de fechamento que vão muito além das categorias citadas acima. Uma delas é no mercado de haircare premium, principalmente na categoria de condicionadores. Este tipo de embalagem confere uma imagem mais sofisticada à marca e assegura a proteção correta do caro conteúdo da embalagem.

Os produtos anti-idade – que como já dito, hoje são dominados pelas tampas rosqueáveis – também devem se render à praticidade dos pumps, que são mais precisos na hora de dosar a quantidade certa de produto a ser utilizado, e protegem melhor o produto dentro da embalagem, pois evita o contato com o ar.
Esses novos caminhos que devem ser explorados, podem levar o mercado de pump a crescer na mesma taxa anual de 5%, nos anos entre 2012 a 2016.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo