Especial Maquiagem: Pigmentos e tecnologias de primeira

Se as consumidoras são ávidas por novidades e estão exigindo itens com muita tecnologia, a indústria de matérias-primas corre para não ficar para trás. E essas empresas têm correspondido, com novidades que visam encantar as consumidoras. Baseada em Look ‘N Feel – um conceito em que a textura de uma formulação vai muito além do toque –, a Basf apresentou recentemente, durante a FCE Cosmetique, três novas cores para a linha de pigmentos Reflecks MultiDimensions. Trata-se de uma linha de efeito color travel que levam ao cosmético uma mudança de cor de acordo com o ângulo de observação. “Um destes novos pigmentos varia do azul para o avermelhado, por exemplo. São cores que conseguimos no próprio pigmento. Cada um tem uma variação, e eles são usados de acordo com a tendência da cor que queremos dar à maquiagem”, explica Flávia Fernandes Zanella, responsável pelo Marketing de Personal Care South America da Basf.

Liliane Schwab, diretora de Marketing da Braschemical, crê que atualmente as empresas buscam pigmentos ecologicamente corretos, com documentações e indicações próprias para uso em cosmético. “Buscam novidades em cores e efeitos, brilho e textura mas também precisam de preço competitivo. Os tons em lilás, roxo, café, vermelhos, dourados estão em alta. Sombras continuam buscando brilho, mas batons procuram efeito fosco”, diz. Já Eliana Siqueira, diretora Técnica da Sensient Cosmetics Technologies Brasil, garante que o avanço de diferentes tipos de tratamentos de superfície em pigmentos tem trazido novas possibilidades de aplicação e sensorial, abrindo campo para produtos de alta performance e alta compatibilidade com a pele.

A Cosmotec, outra companhia que fornece especialidades cosméticas, oferece a linha MAGICOLOR (Biogenics/Cosmotec), que é composta por pigmentos encapsulados por dióxido de titânio e polímeros naturais, que possui uma tecnologia de transformação imediata. “É possível desenvolver produtos que mudam de cor instantaneamente ao friccioná-los na pele, promovendo uma experiência visual surpreendente durante a aplicação. Estão disponíveis em duas versões: MAGICOLOR 103-P, ideal para produtos anidros, como batons, gloss labial e compactados, e MAGICOLOR 140-P para uso em produtos como emulsões e bases”, aborda Tatiana Francine, gerente de Comunicação de Mercado da companhia, que também indica a linha Soft-Tex (SunChemical/Cosmotec) para esta categoria.

Consumidoras no centroAs tendências em termos de consumo também ditam regras para estas companhias de matérias-primas e ingredientes. Eliana, da Sensient, observa que elas são ávidas por praticidade, performance e inovação em produtos. “Estão sempre buscando possibilidades de novos efeitos que proporcionem beleza e bem-estar em um ótimo custo-benefício. Pessoas estão assumindo cada vez mais responsabilidades e tarefas em suas vidas e por isso produtos práticos e descomplicados de utilizar ganham posições de destaque”, fala ela. Já Mônica Antunes Batistela, da área de Marketing Técnico da quantiQ, faz questão de ressaltar a migração do conceito make-up para make-up skincare, ou seja, cosmética multifuncional que agrega tratamento. “O novo perfil das consumidoras e novo hábito se dão através da multifuncionalidade e praticidade, buscam em um único produto proteção, hidratação, anti-aging, correção/uniformização de cor, sendo esse último o grande diferencial da linha dos fillers funcionais que oferecem melhoras no efeito na pele e no sensorial da formulação final”, considera.

Há ainda a importância de os lançamentos em termos de ingredientes estarem alinhados com a realidade da categoria e de quem as consome. “As consumidoras são induzidas pelas tendências de moda, o que é apresentado na mídia, revistas, novelas e desfiles. As empresas de matéria-prima se adaptam a esta tendência e procuram oferecer o melhor e mais adequado ao período”, pontua Liliane Schwab, da Braschemical. “O mercado brasileiro é muito dinâmico e exige novidades não só em cores, mas também em novas formas de apresentação. É importante ter uma ampla gama de cores para ofertar ao mercado que, além de acompanhar as tendências da estação, também possibilite fórmulas que se adaptem ao tom de pele da brasileira”, finaliza Tatiana, da Cosmotec.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo